Quase 1.200 equipamentos de som são destruídos em Feira de Santana

Um total de 1.126 equipamentos de som foram destruídos nessa quinta-feira (9), na Praça do Fórum, em Feira de Santana. A ação fez parte do Programa Feira quer Silêncio, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Segundo o secretário Sérgio Carneiro, a maioria dos equipamentos destruídos era som automotivo.  Todos eles estavam apreendios por cerca de quatro anos e os donos não foram recuperar. Um trator passou por cima e esmagou todo o material.

Os demais equipamentos, caixas de sons por exemplo, foram doados para instituições.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Os equipamentos que foram destruídos são aqueles que foram apreendidos, e as pessoas não tiveram o interesse em recuperá-los. Não é justo que a gente fique a vida toda guardando esses equipamentos. Nós não temos espaço para isso. Queremos mandar um recado para a população: ‘Se tiver um equipamento de som, veja como usá-lo, a quem vai emprestá-lo e a quem vai alugá-lo. Porque se o equipamento for apreendido e a pessoa não recuperá-lo agora, pela nova lei, em 30 dias, o município fará um chamamento público por mais 30 dias, agora não mais esperando 3 ou 4 anos. Após 60 dias, a prefeitura já poderá doar a uma entidade filantrópica ou fazer a destruição“, afirmou o secretário.