Segundo este boato em particular, carne de cavalo estaria sendo comercializada por açougues, feiras e mercados de estados brasileiros. A notícia – naturalmente falsa – ganhou a adesão de muitos internautas, que compartilharam o conteúdo sem atentar para sua veracidade.

De acordo com sites especializados em detectar as chamadas “fake News” – notícias falsas – o caso não é verdadeiro, pelo menos no Brasil. Segundo indicam, a comercialização de carne de cavalo de fato ocorreu, mas na Venezuela, país que há muito enfrenta severa crise de abastecimento alimentar devido à crise econômica e política que vive.

Comerciantes de Feira de Santana, no interior da Bahia, estão tentando difundir a verdade para amenizar o receio que se estabeleceu na população, que tem entrado desconfiada nos estabelecimentos.