FEMINICÍDIO: Homem acusado de matar companheira alega que ela mesma se esfaqueou

Foi preso na manhã desta sexta-feira (15/12) Antônio José Alves dos Santos, 48, acusado de matar a companheira Débora José Álvares dos Santos, de 24 anos. O suspeito foi detido por policiais da 26ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e conduzido ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde prestou depoimento e alegou que a vítima tinha cometido suicídio.

Segundo informações da Polícia Civil, José  informou que acordou de madrugada com um barulho, e quando foi verificar, viu que Débora estava se esfaqueando. Ele contou que tentou impedir, mas foi agredido por ela. Na manhã do outro dia, ligou para a polícia e contou que a companheira estava morta.

O corpo de Débora foi encontrado com cerca de 20 facadas na residência do casal, que fica localizada no bairro de Brotas. O homem informou ainda que a jovem era usuária de drogas e mantinha uma relação extraconjugal. Eles estavam juntos há dez anos e tinham duas filhas.

José, que já tem passagens por furto e roubo, foi indiciado por feminicídio, pela delegada Milena Calmon, titular da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), e será submetido a exames de lesões. Após isso, o acusado será encaminhado ao sistema prisional. Familiares do casal devem prestar depoimento no DHPP para esclarecimento do caso.