Mulheres gastam 8 horas a mais do que homens por semana em afazeres domésticos

por Clara Gibson

Foto: Celso RIbeiro / Correio de Uberlândia

As mulheres brasileiras, em 2016, dedicaram cerca de 18,1 horas semanais aos cuidados de pessoas e/ou afazeres doméstico. O dado está na pesquisa Estatísticas de Gênero, divulgada nesta quarta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Ibge). O levantamento, que traça indicadores sociais das mulheres no Brasil, mostra uma situação diferente para os homens. Entre os brasileiros, a média de horas dedicadas às mesmas atividades chega a uma média de 10,5 horas por semana. Comparando os dois dados, é possível perceber que a quantidade de horas que as mulheres empregaram aos afazeres domésticos é cerca de 73% maior que a dos homens. O tempo empregado pelos homens não varia muito mesmo que sejam analisadas as idades, a sua cor, raça ou região de residência. Enquanto isso, entre as mulheres, à medida que ficam mais velhas, dedicam ainda mais tempo às tarefas da casa. E se forem pretas ou pardas, esse número é ainda maior. O Nordeste é a região do Brasil onde as mulheres mais se dedicam ao lar, alcançando um total de 19 horas semanais, o que representa um tempo 80% maior do que o dos homens, que mantém a média brasileira de 10,5 horas