Prefeito de Feira envia projeto de lei para a Câmara sobre empréstimo orçado no valor de R$130 milhões

O prefeito, Colbert Martins Filho, enviou para a Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã de quarta-feira (10) um projeto de lei para um empréstimo no valor de R$ 100 milhões pela Caixa Econômica Federal e outro no valor de R$ 30 milhões pelo Banco do Brasil, totalizando R$130 milhões de reais. O projeto de lei ainda tramita na Casa.

O presidente da Câmara, José Carneiro Rocha, cedeu uma entrevista a respeito do assunto. “Quando se trata de um empréstimo, em um valor considerável, os vereadores são convocados e ouvidos para saber aonde será empregado. O projeto foi lido hoje em decorrência de outros projetos que vem do executivo e nós damos prioridade, porque a maioria vem em regime de urgência e etc”, explica.

De acordo com o presidente da Câmara, se o empréstimo for para melhorias na cidade, não há motivos para não ser aprovado.

O vereador Alberto Nery, em entrevista, conta que após a sessão legislativa do dia de hoje, foi feita uma reunião para tratar deste assunto. “Nós queremos saber o motivo do empréstimo, se é para cobrir algum débito que o ex-prefeito, José Ronaldo, deixou. O prefeito Colbert tem, aproximadamente, 90 dias de mandato na prefeitura municipal e queremos saber se o orçamento de um bilhão e cem milhões para o município foi suficiente para os recursos”, pontuou.

Ainda de acordo com o vereador, Alberto Nery, no projeto que está tramitando na Câmara não consta o motivo pelo qual este empréstimo será utilizado. “Apenas diz que é para pagamento das despesas do município”, concluiu.

Com informações do repórter Jota Bezerra.